Produtividade e competitividade: como esses dois fatores se relacionam?

A produtividade está entre os principais desafios a serem enfrentados pelos gestores nos dias de hoje. E não é apenas pela possibilidade de obter mais dos colaboradores, existe uma lógica importante por trás: tornar toda a empresa mais produtiva e, assim, mais competitiva em seu mercado de atuação.

Produtividade e competitividade sempre estiveram associadas, mas, recentemente, com a necessidade de enxugar custos e buscar mais eficiência, surgiu uma nova fronteira a ser transpassada neste campo. Por esta razão, neste artigo vamos explorar mais a fundo o tema e como ele pode ser conduzido dentro das organizações. Confira!

De que forma a produtividade pode tornar sua empresa mais competitiva?

Produtividade e competitividade estão diretamente relacionadas. Mas, que de maneira isso se manifesta nos negócios?

1. Maior eficiência na produção

O primeiro ponto é também o que costuma ser mais evidente. Com processos e colaboradores mais produtivos, a empresa encontra também maior eficiência na produção. Logo, produz mais com os mesmos recursos (sejam eles horas trabalhadas, uso de equipamentos ou consumo de matéria-prima).

A melhor eficiência em produção é justamente um dos objetivos comuns a quase todas as organizações, evitando o desperdício e conseguindo gerar mais valor para o negócio.

2. Menores preços para cliente final

Seguindo, uma vez que haja maior eficiência na produção, é possível tornar-se mais competitivo no mercado ao reduzir os preços de venda para o cliente final, um fator decisivo para a compra nos dias de hoje, mesmo para produtos ou soluções com valor agregado.

3. Maiores investimentos

Caso reduzir os preços não seja uma opção pelo posicionamento da marca, existem outras formas de aumentar as vendas usando a verba excedente pela maior eficiência na produção. Elas estão ligadas a investir mais na própria organização, seja em ações de Marketing, promoções ou até desenvolvimento de novos produtos.

4. Mais tempo para inovação

Já que falamos em desenvolvimento de novos produtos, é importante lembrar que empresas mais produtivas conseguem também dedicar mais tempo para a inovação, com criação de novas soluções ou aprimoramento das atuais. Há fator que contribua mais para a competitividade do que esse?

Como aumentar a produtividade?

Depois de explorar melhor a relação entre equipe e processos mais eficientes, deixamos abaixo algumas dicas para aumentar a produtividade na sua empresa – seja ela uma microempresa ou uma grande organização.

Oferecer as ferramentas certas

A tecnologia é uma importante aliada para a produtividade. Desde as ferramentas mais simples para gestão de atividades, até os sofisticados softwares ERP, que concentram todas as operações e informações em um só lugar para a tomada de decisão.

Lembre-se de que, antes de cobrar maior eficiência dos colaboradores, você precisa oferecer a eles as ferramentas adequadas para que realizem suas atividades com excelência. Entre elas, por exemplo, estão ferramentas de gestão de de comunicação corporativa, como o app imMail, que agilizam o processo de interação entre diferentes áreas e membros da empresa.

Implementar processos mais ágeis

Olhar constantemente para os processos internos e torná-los mais ágeis é outra importante tarefa do gestor na rotina de uma empresa. Sempre há maneiras de atuar com maior simplicidade, reduzindo o tempo dispendido para cada ação e aumentando a produtividade.

Para isso, é importante olhar para dados, gráficos e relatórios, mas também, estar perto de quem está na linha de frente de cada operação dentro da empresa.

Atuar no engajamento do time

Estar mais perto do time para entender os processos que podem ser otimizados auxilia em outro ponto importante para a produtividade: engajar o time em torno de um objetivo comum. O papel da liderança é crucial neste sentido, como forma de manter a equipe motivada, ciente de seu papel dentro da organização e, principalmente, contribuindo com suas próprias ideias e opiniões para melhoria da performance.

As organizações que costumam ter maiores ganhos em melhoria de performance são justamente aquelas que conseguem envolver os colaboradores neste processo, desde a identificação das oportunidades até sua implementação.

A produtividade está no centro da sua gestão hoje?

Se a produtividade é um fator importante para a competitividade e, por sua vez, a competitividade representa a possibilidade de permanência de uma organização no mercado de forma sustentável, este fator deve ser tratado como prioridade por qualquer gestor.

Caso o tema ainda não esteja entre suas metas ou não faça parte de seu plano de ação, vale a pena repensar de que forma é possível levar mais produtividade e eficiência para o dia a dia, das pequenas às grandes operações. Olhe para o que já acontece internamente, busque referências, leia sobre teorias e melhores práticas, mas, principalmente, coloque as oportunidades em ação para continuar vencendo como negócio!

No Comments

Post A Comment